top of page
Buscar
  • Ana Paula Patussi

A importância da impermeabilização.


A dúvida de impermeabilizar pode estar na cabeça de muita gente e nós podemos ajudar a responder algumas questões.

Impermeabilizar é o ato de isolar e proteger os materiais de uma edificação da passagem indesejável de líquidos e vapores, mantendo assim as condições normais para habitação daquela construção. O objetivo é impedir a passagem indesejável de águas que podem vir da chuva, de lavagens, de banhos ou qualquer outra origem, contê-los ou escoá-los para fora do local que necessitamos proteger.

A parte mais importante, que todo mundo deveria ter em mente, é: a falta ou uso inadequado da impermeabilização compromete a durabilidade da edificação, causando prejuízos financeiros e danos à saúde.

A água infiltrada nas superfícies e nas estruturas afeta o concreto, sua armadura, as alvenarias... O ambiente fica insalubre devido à umidade, fungos e mofo, também diminuindo a vida útil da edificação.

O sistema de impermeabilização na construção é de fundamental importância. Os agentes trazidos pela água e poluentes existentes no ar, causam danos a estrutura, já que uma das consequências patológicas da sua falta é a corrosão de armaduras, eflorescência, degradação do concreto e argamassa, empolamento, curtos circuitos... Isso tudo gera altos custos de manutenção e recuperação. Isso sem falar no desgaste físico e emocional do usuário que sofre com a má qualidade de vida causada pelos problemas existentes no imóvel.

Muitas vezes a impermeabilização não é tratada com a devida importância nas construções por motivos de contenção de gastos e desinformação. Em alguns casos até mesmo acaba não utilizada pelo fato de estar fora do alcance visual após a conclusão da obra.

E é importante lembrar: grande parte dos problemas associados às impermeabilizações podem ser identificados e eliminados desde os primeiros estágios do desenvolvimento da construção. Na maioria dos casos, só é dada atenção aos problemas de umidade no final da obra, quando pode ser muito tarde para as correções adequadas.

Para exemplo, o custo de uma impermeabilização na construção civil e estimado em 1% a 3% do custo total de uma obra, se executado logo no início. No entanto, a não funcionalidade ou inexistência, poderá gerar custos de reparação na ordem de 10% a 15% do custo da obra (envolvendo ainda quebra de pisos cerâmicos, granitos, argamassas, etc). Isso tudo ainda sem considerar custos de consequências patológicas mais importantes e até mesmo a depreciação de valor patrimonial.

Uma pequena simulação. Num imóvel de R$200.000, a impermeabilização (se feita adequadamente) custaria de 2 a 6 mil reais. Agora, se negligenciada no início da obra, esse trabalho pode custar até 30 mil (isso sem contar a desvalorização do imóvel).

E por último, vale lembrar que ambientes impermeabilizados são mais salubres e mais adequados à prevenção de doenças respiratórias também.

Reforçamos: a vida útil de uma edificação depende diretamente de um eficiente sistema de impermeabilização, por isso, pense bem. Essa pequena etapa extra pode garantir mais do que a estética da construção. A impermeabilização faz a edificação durar mais, mais bonita e mais saudável pra quem a ocupa.

Se tiver qualquer dúvida sobre o assunto, é só falar. Vamos marcar uma conversa e descobrir a maneira correta de impermeabilizar a sua obra.


46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page